default-logo

Maionese de Amêndoas

Quando fazemos um leite vegetal em casa, sempre temos como resultado um “resíduo”, que é – de uma forma geral – as fibras do ingrediente escolhido. Há outros nutrientes, mas é muito complicado mensurar o quanto. Diversos resíduos podem ser reaproveitados como o de soja (que origina o okara torrado, entre outras receitas), de gergelim e de aveia. No caso do leite de amêndoas, esse resíduo (que pode ser utilizado tanto utilizando a amêndoa com pele como a sem pele) tem uma boa textura e um sabor bem suave e pode ser utilizado úmido como base para patês ou como ingrediente em biscoitos, bolos, pães, recheio de torta, etc.

Nessa receita, utilizamos o resíduo de amêndoa para obter uma espécie de maionese, não completamente lisa, mas devidamente emulsionada. Pode ser utilizada pura como cobertura de pães, em saladas ou como forma de integral óleo em receitas de massas de forma mais eficiente e com um bom teor de fibras.

Ingredientes:

  • 1 xícara (chá) cheia de resíduo de amêndoa (é o que se obtém com uma receita do leite)
  • 1 colher (sopa) de vinagre (qualquer tipo) ou suco de limão
  • 2 colheres (chá) de açúcar
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1 colher (sopa) de mostarda
  • Óleo

Coloque no liquidificador o resíduo de amêndoa (o da foto é feito com a amêndoa com pele; se fizer sem a pele vai ficar mais liso) e os temperos. Bata um pouco para começar a misturar.
Desligue o liquidificador, abra uma cavidade no centro com uma colher e despeje óleo até o limite da altura do resíduo. Ligue o liquidificador e vá adicionando mais óleo aos poucos até formar uma emulsão. Guarde em geladeira, em pote fechado, por até 5 dias.

Sobre o autor