default-logo

Pão de Semolina

A receita original vem do ótimo e mega prático site “Pães Veg para Máquina de pão”, da Valéria Paioli – aliás, se você é vegano e não tem uma máquina de pão, considere seriamente adquirir uma. Evita um monte de perguntas desnecessárias, rótulos chatos e tem um timer que você certamente vai agradecer por existir.

Mas, voltando à receita, fiz pouquíssimas modificações, a ponto de nem considerar que mudei nada de fato – só reafirmo que o uso de creme vegetal em pães caseiros é totalmente desnecessário; usem óleo. E – porque não prestei atenção nas instruções – acabei fazendo com a medida padrão de 250ml mesmo; deu certo.

E, apesar de ter gostado muito do resultado na máquina de pão, eu achei que esse pão tinha potencial para ser moldado e feito no forno. Aliás, se pão de semolina ainda não tocou sua campainha da memória, pense em “pão de posto de estrada”: sabe do que eu estou falando, agora? Bom, apresento-lhes a receita da Valéria, com as minhas instruções pra fazer em forno convencional.

Ingredientes:

  • 1 xícara (chá) de água
  • 1 e 1/2 colher (chá) de sal
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 colher (sopa) de lecitina de soja em emulsão (opcional; fiz meu último pão sem e notei pouca diferença)
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 xícara (chá) de semolina de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento biológico seco (tipo “fermipan”; daqueles que vêm em sachê) 

Misture a farinha e o fermento; adicione todos os outros ingredientes. Você terá que desenvolver o glúten, e há 3 formas de fazer isso: na mão, em batedeira com gancho ou no processador com a pá de massa. O da foto eu fiz no processador, em velocidade média, e –  atualmente – é minha forma preferida de bater massa de pães para uso caseiro. Você deverá obter uma bola lisa, elástica. Polvilhe com um pouco de semolina e deixe crescer – eu normalmente coloco em uma tigela e guardo no forno desligado mesmo – até dobrar o tamanho (ou quase triplicar; cerca de 1 hora). Você também pode usar a máquina de pão no ciclo massa, que já inclui a primeira sova do pão e o primeiro tempo de crescimento, com uma temperatura maior para acelerar um pouco o processo.

Amasse mais uma vez e deixe crescer por mais 20 minutos. Com um rolo, abra a massa em um retângulo; polvilhe por dentro com semolina e enrole, polvilhando com semolina novamente o exterior e colocando em uma forma. Deixe crescer mais uma vez, já moldado; ele vai triplicar de tamanho. Também pode ser boleado para um pão grande redondo.

Agora o truque: quando ligar o forno, coloque uma forma vazia diretamente sobre a chapa de distribuição. Enquanto isso – a não ser que você tenha torneira com água quente – esquente um copo de água numa panelinha. Pré aqueça o forno a 190ºC. Jogue a água na forma quente e imediatamente coloque o pão no forno, na grade superior. Asse por 35 minutos, retire do forno e aguarde 15 minutos antes de fatiar.

Pode ser congelado.

Sobre o autor