default-logo

Queijo de tremoço (corte ou cremoso)

AVISO: ESSA É UMA RECEITA AUTORAL, CRIADA E DIVULGADA PELA PRIMEIRA VEZ EM JUNHO DE 2009, com modificações subseqüentes e é uma variação que nasceu do Queijo de Macadâmia. Por favor, se for divulgar ou se for feita alguma variação sobre essa receita indique a fonte, é só isso que eu peço. A técnica de utilização do ágar ágar para queijos eu sempre creditei ao livro “The Uncheese Cookbook”. Entretanto, as adaptações, utilização de ingredientes nacionais, o uso do tremoço e instruções relativas ao ágar-ágar são de minha autoria.  Obrigada.

Esse falso queijo – que DERRETE COM O CALOR – pode ser cortado em fatia (com faca ou plainas), ralado em tiras e utilizado em sanduíches, pizzas, para gratinar, sobre massas, etc.  Lembra queijo fundido; quando derrete, não fica “puxa-puxa” mas sim pastoso.  A versão cremosa apresenta melhor resultado em pratos quentes, como pizzas, lasanhas e gratinados.

Caso queira usar em pizzas e lasanhas, recomendo utilizar ainda quente (recém batido ou derretido em microondas), o que facilita o manuseio e o resultado final no prato.

O ágar-ágar é o substituto vegetariano para gelatina animal, obtido a partir de uma alga e composto por 70% de fibras solúveis. USE APENAS O ÁGAR ÁGAR REFINADO cujo pó é completamente branco. Se for meio marrom, nem compre. O preço também é um bom indicativo, não existe ágar refinado a menos de R$ 110,00 o quilo.

 

VERSÃO DE CORTE (MAIS INDICADA PARA SANDUÍCHES, DERRETIDO SOBRE HAMBÚRGUER COM ABAFADOR OU COMO PETISCO OU RALADO):

Ingredientes:

  • 1 e 1/2 xícara (chá) água
  • 3 colheres (chá) Agar-ágar
  • 1 colher (sopa) polvilho azedo.
  • 1/2 xícara (chá) tremoço em conserva
  • 1 colher (sopa) azeite de oliva
  • 1 colher (chá) levedo de cerveja em pó* (nacional) OU ½ colher (chá) vinagre de maçã
  • 1 colher (chá) sal
  • 1 pitada cúrcuma (“açafrão da terra”) OPCIONAL (apenas adiciona cor)
  • 2 gotas de essência artificial de queijo (opcional)
Modo de Fazer: 
Em uma panela misture a água com o ágar-ágar e o polvilho, mexendo sempre. Assim que começar a ferver, aguarde mais 3 minutos (a mistura deve apresentar uma aparência translúcida e viscosa). Coloque todos os demais ingredientes no liquidificador, despeje a mistura de ágar-ágar ainda quente e bata até obter um creme completamente homogêneo. Despeje em um pote com capacidade para 350ml, do formato que desejar, e deixe esfriar em geladeira.
VERSÃO CREMOSA (MAIS INDICADA PARA UTILIZAÇÃO EM PRATOS QUENTES)
  • 1 e 1/2 xícara (chá) água
  • 2 colheres (chá) Agar-ágar
  • 1/6 xícara (chá) polvilho azedo.
  • 1/2 xícara (chá) tremoço em conserva
  • 2 colheres (sopa) azeite de oliva ou óleo
  • 1 colher (chá) levedo de cerveja em pó* (nacional) OU ½ colher (chá) vinagre de maçã
  • 1 colher (chá) sal
  • 1 pitada cúrcuma (“açafrão da terra”) OPCIONAL (apenas adiciona cor)
  • 2 gotas de essência artificial de queijo (opcional)
Modo de Fazer: 
Em uma panela misture a água com o ágar-ágar, mexendo sempre. Assim que começar a ferver, aguarde mais 3 minutos (a mistura deve apresentar uma aparência translúcida e viscosa). Coloque os demais ingredientes – exceto o polvilho – no liquidificador, despeje a mistura de ágar-ágar ainda quente e bata até obter um creme completamente homogêneo.  Adicione o polvilho na mistura ainda quente e bata até que engrosse. Utilize diretamente sobre pratos ou despeje em um pote com capacidade para 350ml, do formato que desejar, e deixe esfriar em geladeira.
=====
ANOTAÇÕES
Procure usar xícaras e colheres medidoras para um resultado uniforme.
Lembre-se: queijos não são adequados para veganos e na maioria das vezes não são adequados SEQUER para vegetarianos, pois utilizam coalho animal (também podem utilizar pepsina e lipase).
Essa alternativa é livre de lactose, caseína, gordura saturada e colesterol.
Essa receita também foi apresentada em oficina no 4º Festival de Cozinha Vegetariana em 23/07/2011, que ocorreu no Ibirapuera.
*O levedo de cerveja está disponível nas versões com e sem glúten. Consulte o rótulo do produto adquirido, caso tenha esse tipo de restrição.
Sobre o autor